Agitadores para Laboratório


Produtos Laboratoriais



Misturar soluções é uma atividade constante em laboratórios. Para esta função são utilizados agitadores, um equipamento apropriado para misturar e homogeneizar líquidos. A finalidade dos agitadores é sempre a mesma, porém há diversos modelos para utilização nas mais diversas amostras.



Para identificar qual o melhor agitador para um determinado trabalho é preciso avaliar todas as suas necessidades, como a aplicação do processo, velocidade de mistura, capacidade de recipiente, viscosidade do líquido, tempo de execução, temperatura e etc. Caso contrário, pode haver alteração na amostra. Por exemplo: utilizar um agitador de alta velocidade no preparo de uma amostra de sangue, pode alterar consideravelmente o resultado.



Os agitadores para laboratório possuem diferentes formatos e tamanhos para atender casos distintos. Alguns equipamentos combinam agitação e aquecimento, outros são conhecidos como agitadores magnéticos, capaz de homogeneizar soluções.




Conheça os principais tipos de agitadores e saiba em qual momento utilizá-los:

Conheça os principais tipos de agitadores e saiba em qual momento utilizá-los:


  • Agitador Orbital – Este é o modelo mais comum, utilizado em quase todos os laboratórios. O agitador orbital mistura a amostra em movimentos suaves e contínuos e cria uma agitação circular horizontal. Seu uso é indicado para cultura de células e em testes de sífilis.
  • Agitador Gangorra – Este instrumento é capaz de criar um balanço, comparado ao movimento de uma gangorra.
  • Agitador Recíproco – Os movimentos acontecem de maneira alternada, para frente e para trás.
  • Agitador Roller – Geralmente utilizado para tubos, este agitador é formado por rolos que proporcionam movimentos de rotação.
  • Agitador Rotor – Conhecido também como roda gigante, este instrumento é ideal para homogeneizar tubos de coleta e de centrifugação. Apesar de não atingir a mesma velocidade das centrífugas, funcionam de forma semelhante.
  • Agitador Tipo Vortex – Geralmente utilizado para agitação de pequenos frascos, pode realizar um movimento contínuo ou apenas quando pressionado sobre a borracha produzindo vórtices no líquido.
  • Agitador Magnético – Um motor sob a placa produz forças magnéticas colocando em rotação o ímã, provocando um movimento circular no líquido. O agitador magnético também possui versões com aquecimento, realizando as duas tarefas simultaneamente.
  • Agitador 3D – Este modelo tridimensional realiza vários movimentos.


Conheça os principais tipos de agitadores e saiba em qual momento utilizá-los:


  • Agitador Orbital – Este é o modelo mais comum, utilizado em quase todos os laboratórios. O agitador orbital mistura a amostra em movimentos suaves e contínuos e cria uma agitação circular horizontal. Seu uso é indicado para cultura de células e em testes de sífilis.
  • Agitador Gangorra – Este instrumento é capaz de criar um balanço, comparado ao movimento de uma gangorra.
  • Agitador Recíproco – Os movimentos acontecem de maneira alternada, para frente e para trás.
  • Agitador Roller – Geralmente utilizado para tubos, este agitador é formado por rolos que proporcionam movimentos de rotação.
  • Agitador Rotor – Conhecido também como roda gigante, este instrumento é ideal para homogeneizar tubos de coleta e de centrifugação. Apesar de não atingir a mesma velocidade das centrífugas, funcionam de forma semelhante.
  • Agitador Tipo Vortex – Geralmente utilizado para agitação de pequenos frascos, pode realizar um movimento contínuo ou apenas quando pressionado sobre a borracha produzindo vórtices no líquido.
  • Agitador Magnético – Um motor sob a placa produz forças magnéticas colocando em rotação o ímã, provocando um movimento circular no líquido. O agitador magnético também possui versões com aquecimento, realizando as duas tarefas simultaneamente.
  • Agitador 3D – Este modelo tridimensional realiza vários movimentos.


Conheça os principais tipos de agitadores e saiba em qual momento utilizá-los:

LOJA

Conheça nossos produtos!